quinta-feira, 13 de agosto de 2009





Você é meu príncipe
Só que não chega a cavalo
Olha nos meus olhos e diz que me ama
que casa comigo, sem contrato, papel assinado
na jura, na promessa, no pacto...

Eu queria ser como você
Assim, sem medo de arriscar,
sem medo de sentir medo de amar


Eu queria dançar agora com você
Mas não falo assim por estar sentimental,
só quero os seus braços


Eu queria te beijar
mas não por romantismo
quero os seus lábios


Eu queria parar com
este discurso propositalmente indireto
e dizer que eu preciso
de você num futuro certo.

7 comentários:

Virgínia Ribeiro disse...

Lindo, lindo e lindo!!!
bjus

Amanda Proetti disse...

Adoro estes teus momentos de inspiração apaixonada... apaixonante!

Roberto Kamarad disse...

ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh...

Fê, Má, Renato, Kamarad e Tâm.

.::Li::. disse...

E vc ainda tem coragem de me dizer na cara-dura que foi 'light'...

"Eu queria te beijar
mas não por romantismo
quero os seus lábios"

Lindo...amanhã preciso fala com vc urgente!!! kkkkkkk

Bjs

Michelle Ribeiro disse...

A Mandy me surpreendeu com tudo o que ela escreve...agora foi sua vez. Lindo demais Meggynha!!!

Escreva mais!

Beijos

Verena Ferreira disse...

doce...

Anônimo disse...

olá... recebi um dos trechos que vc escreveu por alguém especial pra mim... também escrevo, até tinha um blogger, o qual acho que deve estar desativado, mas depois de ver o seu, senti vontade de "tirar a poeira", algo a se pensar.
Mas pelo que vi, você tem "seguidores" fiéis,..., parabéns, seus textos são bons, continue assim.